11 de janeiro de 2012

Fashion Business inverno 2012 - abertura e dia 1

Silhuetas marcadas, com decotes estratégicos, muito couro, aplicações de taxas, brilhos e franjas retratam a mulher ultra feminina e segura de Patricia Vieira. Segundo a estilista a inspiração surgiu na viagem a Los Angeles ao lado da irmã, Andrea Dellal - passeio que ativou uma vontade de falar de mulheres ricas, badaladas e exageradas do metiê californiano. É, Patrícia Vieira não poderia ser melhor escolha para abrir o Fashion Business com pé direito!
Cartela de Cores: Verde, roxo, azul, dourado, cinza e preto.


Com inspiração nas tempestades tropicais a Sta Ephigênia trouxe para a passarela tecidos de aparência molhada (veludo, seda e cetim), transparências, peles e aplicações de paetês e miçangas, que muito contribuíram para a tal "aparência molhada". Looks lady like e terninhos foram o contraponto dos vestidos, saias e blusas de tule, para uma mulher comportada, pero no mucho.
Cartela de Cores: A cartela de cores forma mistura interessante, também nesse clima de toró — azul noite, berry, cinza, prata e ouro. A ousadia fica por conta da transparência do tule com bordados prateados



Estreante nas passarelas, a carioca Anju Anju arrancou elogios de quem assistiu seu primeiro desfile no Fashion Business. Sempre inspirada por temas lúdicos, a estilista Clarissa Reis mergulhou no fabuloso mundo das coleções que as pessoas costumam fazer para desenvolver seu inverno 2012. Na passarela apareceram pinguins em pied-de-poules de tamanhos variados, a transparência das organzas sobre ricos bordados em paetês, tricôs, couro e algodão. Tudo amarrado com uma pegadinha sportwear e lady like fresh, sem mofo.
A cartela de cores veio suave, apesar de se tratar de inverno: Branco e marinho, amarelo, azul e caramelo e tijolo.



Ao primeiro look da Cavendish na passarela me veio a mente a palavra barroco. Lembrei da Prada e de outras coleções pelo mundo afora. Batizada "A natureza do luxo", a coleção de Carla Cavendish foi inspirada no trabalho do designer britânico William Morris, que no século XIX criou estampas até hoje relevantes ao décor mundial. Apesar do clima e do trabalho que agradou muito, a marca carioca trouxe mais das tendências que estamos vendo há um tempo no cenário fashion: calças com jeitão de pijama, saias longas com transparência, sem deixar as minis, alfaiataria glam e peças confeccionadas com matéria-prima nobre.
Destaque para os maxi brincos e para a cartela de cores: Vinho, Roxo, Marinho, Amarelo canário, Rosa, Vermelho, Cinza e Verde dão vida ao inverno da Cavendish.


Quem assistiu ao desfile da Cholet no Fashion Business não parava de falar sobre a transparência bem localizada, recortando o corpo da mulher sem nem chegar perto do vulgar. A alfaiataria bem estruturada, com calças bicolores (que me remeteram ao verão do Carlos Miele) e ombros estruturados também foram o ponto forte, assim como as estampas geométricas com ar retrô anos 50.
Cartela de Cores: Preto, Branco, Marrom, Vermelho Maravilha, Rosa, Tangerina e Nude.

Enjoy!

Um comentário:

Ioana-Carmen disse...

Chic, Chic baby! do you like the ideea of following each other?;X

FashionSpot.ro